Sejam bem vindos, deixem uma opinião...VOLTEM SEMPRE!

Pesquisar neste blogue

Os nossos olhos são o espelho da nossa alma, não mentem, reproduzem sempre os pormenores mais íntimos dos nossos sentimentos. O Espelho da Alma é um espaço onde se pretende reproduzir em poesia um manifesto desses sentimentos do autor. Tu! Que aqui passaste, considera-te bem vindo e volta sempre.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

VOU
Photobucket

Vou,


Acercar-me de ti, procurar o teu calor,


No meu corpo, sentir em mim o teu ardor,


Partilhar, num êxtase, toda esta paixão.


Vou,


Dividir-me contigo, neste amor fecundo,


Paixão crescente, dividindo nosso mundo,


Fazer, deste amor, nossa canção.


Vou,


Beijar teu colo, num completo despudor,


No carinho de um afago, expressar-te o meu amor,


Incendiar, nas chamas do teu regaço, o coração.


Vou,


Colher delícias do teu corpo que eu tanto quero,


Sentir a ternura que me dás e que tanto espero,


E acolher-te em meus braços numa comoção.


Luiz

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo