Sejam bem vindos, deixem uma opinião...VOLTEM SEMPRE!

Pesquisar neste blogue

Os nossos olhos são o espelho da nossa alma, não mentem, reproduzem sempre os pormenores mais íntimos dos nossos sentimentos. O Espelho da Alma é um espaço onde se pretende reproduzir em poesia um manifesto desses sentimentos do autor. Tu! Que aqui passaste, considera-te bem vindo e volta sempre.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

QUERO SENTIR-TE

Photobucket

Quero sentir-te


Embriagado pelo doce aroma desse teu perfume,
E nas ânsias de sentir em mim o teu abraço,
Incendeiam-se em mim calores, ardentes como lume,
De espalhar o odor da minha pele em teu regaço.

Desejos manifestam-se, sequiosos e sedentos,
De partilhar feliz, contigo, os teus gemidos.
Beijar gulosamente teus lábios e por momentos,
Mordiscar teus seios, afagar os teus sentidos.

Quero sentir em nós dois os sexos ardentes,
A húmidade transpirada das coxas quentes,
O copular com despudor que se quer perpetuar.

E num climax ardente, dois corpos já frementes
Numa euforia de prazer, dois corpos concupiscentes
De respiração ofegante, pelo prazer a chegar.

Luiz

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo