Sejam bem vindos, deixem uma opinião...VOLTEM SEMPRE!

Pesquisar neste blogue

Os nossos olhos são o espelho da nossa alma, não mentem, reproduzem sempre os pormenores mais íntimos dos nossos sentimentos. O Espelho da Alma é um espaço onde se pretende reproduzir em poesia um manifesto desses sentimentos do autor. Tu! Que aqui passaste, considera-te bem vindo e volta sempre.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

O Desencanto(Penoso...) da Perda



Quando em busca do teu doce carinho cheguei
E na cavada angústia de perceber tua partida,
Veio a tristeza (de te perder...) que lamentei.
E desalento por essa(chorada...)perda tão sofrida.

Amor! Procurei em vão(já me fugiste...), eu sei...
Até minha alma por te perder já está dorida,
Lamurioso o olhar (lacrimoso...) Oh! Como desejei
Ter-te aqui, partilhar contigo a minha vida.

Enquanto o sonho persistir(nele...) Juntinhos,
Tu e eu, corremos pelos campos de mãos dadas,
percorrendo os trilhos que nos guiam os destinos.

Novo dia (novo amanhecer...),venturas ansiadas,
Lá estaremos percorrendo juntos os caminhos,
Aquelas veredas que nos estarão reservadas.

Luiz

1 comentário:

Ocorreu um erro neste dispositivo