Sejam bem vindos, deixem uma opinião...VOLTEM SEMPRE!

Pesquisar neste blogue

Os nossos olhos são o espelho da nossa alma, não mentem, reproduzem sempre os pormenores mais íntimos dos nossos sentimentos. O Espelho da Alma é um espaço onde se pretende reproduzir em poesia um manifesto desses sentimentos do autor. Tu! Que aqui passaste, considera-te bem vindo e volta sempre.

sábado, 30 de janeiro de 2010

Photobucket

PREENCHE-ME



Vem a mim, eu não me oponho.
Se para ti amor, não é palavra vã,
Ilumina o dia e como luz da manhã,
Alegra, neste luzir, um novo sonho.

Mas não sendo tu quem eu suponho,
como hei-de, contar a minha mágoa,
Pois se dela não me envergonho,
E sendo minha, eu afago-a.

Recordo-te com emoção,
Vou dizendo o que eu sinto,
Falo verdade, afirmo, não minto,
E protejo esta paixão.

Luiz

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo